até
Mandatos | 1996 a 1999

CONTEXTO

A gestão da diretoria do sindicato no período 1996-1999 enfrentou uma das situações conjunturais mais difíceis para a categoria.

Por um lado, a política econômica do governo que, sob o lema de combate à inflação, possibilitou sua hegemonia política, mesmo com altos índices de desemprego. Fernando Henrique Cardoso manteve-se fechado ao diálogo, só aceitando negociar com o sindicato no final do mandato desta diretoria, quando se acentuou a crise econômica do país a partir da desvalorização da moeda.

Por outro lado, boa parte da gestão esteve empenhada na resolução de disputas internas promovidas por alguns ex-diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de
Santo André, que romperam com a unificação do sindicato.

Um dos momentos mais importantes dessa gestão foi a realização do 2º Congresso dos Metalúrgicos do ABC, que traçou as diretrizes de sua atuação para os anos seguintes. Esse congresso foi inovador em sua metodologia, pois teve como centro de suas preocupações ampliar a participação nos debates e resoluções. Para isso, foram mais de 4 meses de discussões na base da categoria. Os debates resultaram na nova estratégia sindical de colocar o sindicato dentro das fábricas, através da criação dos Comitês Sindicais de Empresa, fortalecendo as Comissões de Fábrica e Cipas. Outro registro importante do 2º Congresso nessa gestão foi o fim da cobrança do imposto sindical e a busca da auto-sustentação financeira do Sindicato através das mensalidades e da taxa negocial, vinculada aos resultados das negociações coletivas, como uma maneira de não-sócios contribuírem com as lutas da categoria. Ainda tiveram destaque as definições de algumas frentes de luta contra os efeitos da reestruturação produtiva, como a redução da jornada, a formação profissional e, entre outras, o fortalecimento da região do Grande ABC.

Outros aspectos positivos de caráter mais político são ressaltados, como a vitória de candidatos apoiados pela diretoria nas eleições municipais e principalmente, a presença do sindicato na política regional de forma mais efetiva através da criação da Câmara Regional ABC, que reúne todos os prefeitos das 7 cidades do Grande ABC, setores econômicos, sociedade civil, sindicatos dos trabalhadores de diversas categorias.

A diretoria conseguiu recolocar o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC com destaque dentro da conjuntura nacional, consagrando-se pela luta em defesa do emprego, como nas mobilizações ocorridas na Volkswagen e na Ford nesse final de mandato. Em outras empresas, obteve-se o encaminhamento de acordos de longo prazo para manutenção do emprego. Assim, o desemprego, questão que mais aflige atualmente a sociedade, foi o centro das preocupações da gestão 96-99, transformando-se em variadas manifestações, entre estas o Ato em Defesa do Emprego e Salário em 1997, a Maratona em Defesa do Emprego em 1998, além da elaboração de propostas alternativas, como o acordo emergencial do setor automotivo em vigor desde 4/3/99 e a proposta de renovação da frota de veículos encaminhada para análise do governo, esboçando algumas respostas ao desemprego.

Essas atividades e a projeção nacional adquirida pelo sindicato permitiram equilibrar as disputas internas, revertendo-se no fortalecimento do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, inclusive como direção sindical na base de Santo André.

Imprimir contexto
DIRETORES E CARGOS
FATOS RELEVANTES
CONJUNTURA BRASILEIRA
1996» Contexto para 1996
» Massacre de Sem-terra em Eldorado de Carajás
1998» Contexto para 1998
» Eleição presidencial
MOVIMENTO SINDICAL
1996» IV Congresso da CGT
» Greve Geral Nacional
1997» MST e Confederação Nacional dos Metalúrgicos protestam em Brasília
» V Congresso da CGT
» Dia Nacional de Luta - Terra, Emprego e Cidadania
» VI Congresso Nacional da CUT - Concut
» III Congresso da Força Sindical
1999» Marcha dos 100 mil em Brasília
SINDICATO DOS METALÚRGICOS
1996» Movimento Kinder Ovo na MBB
» Greve pelo aumento da PLR na Scania
» II Congresso dos Metalúrgicos do ABC
1997» Protesto em Defesa do Emprego e do Salário
» Protesto FHC não rima com ABC
» Câmara Regional ABC
1998» Protesto contra a Reforma na Previdência - S.B.C.
» Maratona em Defesa do Emprego
1999» Greve contra as demissões na Ford
» III Congresso dos Metalúrgicos do ABC
DEPOIMENTOS
Clique nas fotos para ler os depoimentos:

Tsukassa Isawa

Cristina Suster

Joel Fonseca Costa

Tarcísio Secoli

Paulo Vanucchi

João Martins Lima, Tiziu
CAMPANHA SALARIAL
Veja o que aconteceu na Campanha Salarial em 1996
CONGRESSOS
Congressos realizados no ano de 1996
ELEIÇÕES
Reveja os detalhes da eleição de 1996
© Copyright 2009, ABC de Luta! Memória dos Metalúrgicos do ABC - Todos os direitos reservados

Mapa do Site Fale Conosco Créditos Política de Privacidade

smabc.org.br