até
Mandatos | 1981 a 1984

CONTEXTO

O mandato desta diretoria não completou dois anos, pela quarta vez o governo militar interveio no Sindicato. Já no primeiro dia após a sua posse, a diretoria enfrentou uma difícil situação na Mercedes Benz. A empresa num mesmo dia demitiu 1.500 funcionários. Foi o inicio de um processo de recessão que a industria passou a enfrentar com graves repercussões para a categoria metalúrgica.
A crise econômica que passou a atingir os trabalhadores e levou o Brasil a recorrer ao FMI, no mesmo instante em que inaugura Itaipú, a maior hidrelétrica do mundo. Em 1982 Lula, lança-se candidato à governador de São Paulo. “Lula, um brasileiro igualzinho a você”, dizia seu slogan de campanha. Neste ano o Sindicato conquista a Comissão de Fábrica da Volksvagen.
Em 1983, quando estourou a greve dos Petroleiros, os metalúrgicos do ABC decidem em seu 3º Congresso, realizar uma greve de solidariedade que levou o governo a intervir no Sindicato. A repressão do governo militar não só atingiu o Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema, mas também os Sindicatos dos Petroleiros de Campinas e da Bahia.
O movimento de solidariedade levado pelo Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema acabou por incentivar o movimento sindical a assumir a proposta de uma Greve Geral, que aconteceu no dia 21 de junho. Foi a primeira greve geral após o golpe militar de 1964, que paralisou amplos setores da classe trabalhadora pelo país.
Num salão alugado em frente à sede do sindicato, a diretoria cassada continuou à frente das lutas dos metalúrgicos. Para os empresários, não restou outra alternativa a não ser aceitar a diretoria cassada como representante dos trabalhadores na mesa de negociações. Foi com o sindicato sob intervenção em 1984, que os metalúrgicos realizaram um movimento conhecido como “Operação Tartaruga” realizado na campanha salarial daquele ano.

Imprimir contexto
DIRETORES E CARGOS
FATOS RELEVANTES
CONJUNTURA BRASILEIRA
1981» Contexto para 1981
» Atentado no Riocentro
1982» Contexto para 1982
» Eleições fortalecem a oposição
1983» Contexto para 1983
» Protesto de desempregados gera saques
1984» Contexto para 1984
» Diretas Já: campanha por eleições diretas
MOVIMENTO SINDICAL
1981» Contexto para 1981
» Realiza-se a I Conclat (Conferência Nacional da Classe Trabalhadora)
» Eleições Sindicais dos Metalúrgicos de São Paulo
1983» Contexto para 1983
» Fundação da CUT
» Greve dos petroleiros
» Greve Geral Nacional
1984» I Congresso Nacional da CUT - Concut
» Eleições Sindicais dos Metalúrgicos de São Paulo
SINDICATO DOS METALÚRGICOS
1981» Contexto para 1981
» Greve conquista a Comissão de Fábrica na Ford
1983» Contexto para 1983
» Metalúrgicos fazem greve de solidariedade aos Petroleiros - julho/1983
» IV Congresso dos Metalúrgicos de S. B. do Campo e Diadema
1984» Greve pela Equiparação de Salários na MBB
DEPOIMENTOS
Clique nas fotos para ler os depoimentos:

Jair Antonio Meneguelli

Vicente Paulo da Silva

Maurício Soares de Almeida

Elizeu Marques da Silva

Luiz Inácio Lula da Silva
CAMPANHA SALARIAL
Veja o que aconteceu na Campanha Salarial em 1981
ELEIÇÕES
Reveja os detalhes da eleição de 1981
© Copyright 2009, ABC de Luta! Memória dos Metalúrgicos do ABC - Todos os direitos reservados

Mapa do Site Fale Conosco Créditos Política de Privacidade

smabc.org.br