até
2004 | Campanhas Salariais

CONTEXTO

Na avaliação da FEM (Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT), a campanha salarial mostrou que os trabalhadores se beneficiaram da retomada do desenvolvimento econômico com a abertura de postos de trabalho e melhorias salariais. Foram alcançadas importantes conquistas como reposição total da inflação, aumento real, mudança da data-base, controle das horas extras e fiscalização sobre as empresas prestadora de serviços.

Mas não foram só os bons ventos da economia os responsáveis. A mobilização e disposição de luta dos metalúrgicos foram fatores que contribuíram muito para o sucesso da campanha. Apoiados nessa mobilização, foi realizada uma Marcha à Brasília pela correção da tabela do Imposto de Renda e pelo reajuste do salário mínimo. Além disso, a FEM desenvolveu uma campanha pelo respeito aos direitos trabalhistas, pela carteira assinada e contra as cooperativas fraudulentas.

Fonte: Jornal da FEM, dezembro de 2004

Imprimir contexto
PAUTA DE REIVINDICAÇÃO

CONVENÇÃO E ACORDO

IMAGENS
Clique nas imagens para ampliar
IMPRENSA SINDICAL
DEPOIMENTOS
Clique nas fotos para ler os depoimentos:

Paulo Dias Neves

Adi dos Santos Lima

Wagner Firmino Santana

José Paulo da Silva Nogueira

José Lopez Feijóo

José David Lima Carvalho

Geovane Côrrea de Souza
MANDATOS
Conheça diretores e cargos entre 2002 e 2005.
© Copyright 2009, ABC de Luta! Memória dos Metalúrgicos do ABC - Todos os direitos reservados

Mapa do Site Fale Conosco Créditos Política de Privacidade

smabc.org.br