até
1974 | Conjuntura Brasileira

General Ernesto Geisel toma posse anunciando abertura democrática
CONTEXTO

No começo dos anos setenta há, mais visível do que antes, uma divisão interna no governo militar. O crescimento da tortura dera força ao grupo mais ligado a ela e que deseja manter o controle duro do aparato do Estado. Mas há outro grupo que pretende reforçar a institucionalização do Estado com base na doutrina da Segurança Nacional e posterior flexibilização visando a um controle político mais perene.

Geisel era ligado a este grupo, conhecido como "grupo da Sorbonne". Com a derrota da luta armada e da guerrilha, impõe seu discurso de distensão lenta ou de abertura controlada pelo regime. Busca outras formas de captação de apoio político e social para se legitimar e afrouxar as tensões surgidas no período anterior. Quer mudar para manter as linhas mestras do regime: "continuidade sem imobilidade", afirma.

Na posse, em 15 de março de 1974, discursa nesse sentido, dizendo-se comprometido com a desmontagem dos aspectos mais duros da censura e da repressão e com a introdução paulatina e segura de mecanismos mais flexíveis e democráticos, inclusive no sistema eleitoral, mantendo, porém, instrumentos para que o regime pudesse recorrer à força quando se fizesse necessário. O discurso de posse é a síntese da estratégia do grupo de Geisel, cujo principal formulador é o General Golbery do Couto e Silva. Para ele a repressão contínua desmontaria o regime, ao passo que a flexibilização o legitimaria e institucionalizaria.

Assim se fará no governo Geisel, com idas e vindas e atritos internos às vezes violentos. O que o discurso de posse não prevê é a enorme crise econômica que em poucos anos destruirá as bases econômicas, políticas e sociais do regime, impedindo a consolidação da estratégia de Golbery.

Imprimir contexto
REPERCUSSÃO NA MÍDIA
Clique nas imagens para ampliar
IMAGENS
Clique nas imagens para ampliar
IMPRENSA SINDICAL
DEPOIMENTOS
Clique nas fotos para ler os depoimentos:

Elias Stein

Osvaldo Cavignato
CONGRESSOS
Congressos realizados no ano de 1974
MANDATOS
Conheça diretores e cargos entre 1972 e 1975.
© Copyright 2009, ABC de Luta! Memória dos Metalúrgicos do ABC - Todos os direitos reservados

Mapa do Site Fale Conosco Créditos Política de Privacidade

smabc.org.br