até
1985 | Campanhas Salariais

CONTEXTO

Em 1985 houve uma mudança de qualidade na campanha salarial, com um processo de unificação das lutas e introdução de novas reivindicações e conquistas. Este salto de qualidade foi possível, de um lado, pelo papel político da CUT que, com a Campanha Nacional de Lutas, permitiu a unificação das principais bandeiras do movimento e criou um grande canal para que as lutas pudessem convergir e evoluir. De outro, com o mais duro e decisivo teste da classe trabalhadora: a campanha salarial dos metalúrgicos da CUT, em abril.

Essa campanha salarial ocorreu no período de posse do novo governo, da doença e morte de Tancredo Neves e de um forte discurso de pacto social. Portanto, em uma conjuntura política extremamente difícil e delicada.

A campanha salarial de 1985 quebrou a proposta de pacto social, revelou para a classe trabalhadora os novos mecanismos de repressão política da Nova República e derrubou a jornada de trabalho, depois de 50 anos.
“Trabalhar menos, para trabalharem todos e viverem melhor”, foi o lema da campanha de redução de jornada.

As divergências políticas haviam se agravado no interior do movimento sindical. O Governo Sarney propunha um pacto social, com o apoio político das principais lideranças da Conclat, enquanto a CUT repudiava a política de conciliação de classes e mantinha seu compromisso com autonomia e independência da classe trabalhadora.

A pauta de reivindicações da campanha salarial envolvia liberdade e autonomia sindical; salário mínimo real; salário-desemprego; reajuste trimestral; Constituinte livre, soberana e democrática; 40 horas semanais; reforma agrária e direito de greve.

Imprimir contexto
PAUTA DE REIVINDICAÇÃO

CONVENÇÃO E ACORDO

DIVULGAÇÃO
Clique nas imagens para ampliar
REPERCUSSÃO NA MÍDIA
Clique nas imagens para ampliar
IMAGENS
Clique nas imagens para ampliar
IMPRENSA SINDICAL

VÍDEOS
Meneguelli coloca em votação a continuidade da greve
1985

ÁUDIOS
Tarcísio Secoli
-
DEPOIMENTOS
Clique nas fotos para ler os depoimentos:

Heiguiberto Guiba Della Bella Navarro

Tarcísio Secoli

Vicente Paulo da Silva

José Lopez Feijóo

Luiz Marinho

Elizeu Marques da Silva
MANDATOS
Conheça diretores e cargos entre 1984 e 1987.
© Copyright 2009, ABC de Luta! Memória dos Metalúrgicos do ABC - Todos os direitos reservados

Mapa do Site Fale Conosco Créditos Política de Privacidade

smabc.org.br