Tribuna Metalúrgica nº 1331 31/07/2001
Pág. 2 - A Federação Estadual (FEM) e a Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT) realizam assembléias para definir pauta e estratégia para a Campanha Salarial. A crise econômica e o racionamento de energia serão pontos de debate.
Tribuna Metalúrgica nº 1334 03/08/2001
Pág. 3 - Começa a campanha salarial com plenárias convocadas pela Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT, que vai definir as reivindicações e os eixos da campanha.
Tribuna Metalúrgica nº 1335 07/08/2001
Pág. 1 e 3 – É aprovada a proposta de pauta para a campanha salarial unificada e o calendário das atividades. Estiveram presentes dirigentes de 11 sindicatos do Estado de São Paulo, representando cerca de 270 mil trabalhadores.
Tribuna Metalúrgica nº 1336 08/08/2001
Pág. 3 - Um abaixo assinado pedindo estabilidade é a primeira grande iniciativa para a campanha salarial unificada da CUT. A idéia é criar um clima de mobilização e agitação nas fábricas.
Tribuna Metalúrgica nº 1338 10/08/2001
Pág. 2 - Os metalúrgicos do ABC vão se reunir em assembléia no dia 16 para discutir os pontos de pauta apresentados pela Federação.
Tribuna Metalúrgica nº 1340 15/08/2001
Pág. 3 - A ofensiva do Governo e dos patrões contra o artigo 7º da Constituição (garantia dos direitos dos trabalhadores) abre uma nova frente de luta na campanha salarial.
Tribuna Metalúrgica nº 1341 16/08/2001
Pág. 3 - Todos os sindicatos ligados a FEM/CUT realizam assembléias e a pauta será entregue no dia 30 com um ato no Sindipeças.
Tribuna Metalúrgica nº 1342 17/08/2001
Pág. 1 e 3 - Metalúrgicos aprovam pauta para campanha salarial e começam as assembléias de mobilização para pressionar os patrões a negociar. As pautas serão entregues até o final do mês.
Tribuna Metalúrgica nº 1405 14/12/2001
Pág. 2 - A FEM/CUT fecha acordo com o Sindal - Sindicato dos fabricantes de equipamento para hospitais, restaurantes, hotéis, etc,. Este sindicato é uma dissidência do Grupo 10.
Tribuna Metalúrgica nº 1343 21/08/2001
Pág. 1 e 3 - Cerca de 4 mil trabalhadores participaram do ato de lançamento da campanha salarial unificada, em frente à Bolsa de Valores (São Paulo).
Tribuna Metalúrgica nº 1404 13/12/2001
Pág. 2 - O TRT adiou para fevereiro do próximo ano, a audiência de conciliação entre os Metalúrgicos da CUT e o Grupo 5. O adiamento reforça a busca de acordo com outras empresas do grupo.
Tribuna Metalúrgica nº 1402 11/12/2001
Pág. 3 - Trabalhadores aprovam proposta de acordo feita pela FEM/CUT no último dia 7. O acordo vale para um grupo de 31 empresas do Grupo 5, que entrou com pedido de dissídio no TRT. A audiência de conciliação será amanhã.
Tribuna Metalúrgica nº 1344 22/08/2001
Pág. 1 e 3 - Começam as assembléias de mobilização nas fábricas para garantir negociações ainda em setembro.
Tribuna Metalúrgica nº 1400 06/12/2001
Pág. 3 – Mais de vinte empresas dos Grupos 5 e 10 aderem à proposta de acordo da FEM/CUT. A proposta segue o padrão dos acordos já assinados.
Tribuna Metalúrgica nº 1398 04/12/2001
Pág. 3 - O Grupo 5, autopeças, forjarias e parafusos não querem assinar acordo coletivo da campanha salarial. A orientação agora é tentar acordo por empresas ou por grupos de empresas.
Tribuna Metalúrgica nº 1345 23/08/2001
Pág. 3 e 4 - Três comissões de metalúrgicos apresentam pauta própria. As mulheres têm reivindicações relativas à maternidade, cuidados com os filhos e igualdade de oportunidades. Os portadores de deficiências reivindicam ajuda aos filhos e contratação de portadores de deficiência. E, os jovens, a subvenção escolar e horas para formação.
Tribuna Metalúrgica nº 1393 23/11/2001
Pág. 2 - Praticamente esgotada as possibilidades de acordo com os Grupos 5 e 10. Os Sindicatos ligados à Federação convocam empresas dos dois grupos para reuniões no dia 26 para reapresentarem a pauta diretamente aos patrões.
Tribuna Metalúrgica nº 1390 20/11/2001
Pág. 3 - Trabalhadores aprovam proposta de acordo apresentado pelos Grupos 9 e Fundição com renovação das cláusulas sociais até 2003.
Tribuna Metalúrgica nº 1386 08/11/2001
Pág. 3 - Reunião de mobilização com os militantes do Sindicato decide que as paradas nas fábricas serão maiores. Permanece o impasse nas negociações com os outros grupos patronais.
Tribuna Metalúrgica nº 1383 01/11/2001
Pág. 1 – Por unanimidade, os metalúrgicos do ABC decidem a continuidade da greve pipoca até o dia 7 de novembro. Nos dias 5 e 6 haverá reunião com os patrões.
Tribuna Metalúrgica nº 1377 23/10/2001
Pág. 3 - O acordo proposto pelas montadoras é aprovado por unanimidade. O acordo é válido por dois anos com: reposição total da inflação, 2% de aumento real, mudança da data-base em 2003, renovação das cláusulas sociais. O último acordo assinado com a Anfavea foi em 1995.
Tribuna Metalúrgica nº 1346 24/08/2001
Pág. 1 e 3 - Os metalúrgicos já assimilaram a antecipação da data-base para 1º de setembro, e querem fechar logo os acordos com reajuste e manutenção das cláusulas sociais. É esse o recado das assembléias que o Sindicato fez durante a semana.
Tribuna Metalúrgica nº 1375 18/10/2001
Pág. 2 e 3 - Avança negociação com a Anfavea. As montadoras concordam com reposição integral das perdas, renovação das cláusulas sociais, aumento real e acordo por dois anos. O impasse está na mudança da data-base. A greve pipoca continua em várias empresas.
Tribuna Metalúrgica nº 1372 11/10/2001
Pág. 2 e 3 - Greve pipoca movimenta cerca de 14 mil trabalhadores. Os trabalhadores da Volks, Scania e Karman Ghia saíram em passeata. Federal Mogul e Faparmas pararam a produção por duas horas. Na Mercedes e na Ford, a produção também ficou prejudicada.
Tribuna Metalúrgica nº 1347 28/08/2001
Pág. 3 - As negociações nem começaram e as montadoras já reclamam das negociações sobre salário.
Tribuna Metalúrgica nº 1370 09/10/2001
Pág. 2 e 3 - Volks, Scania, Toyota, Mercedes e Kostal iniciaram ontem greve pipoca, decidida na assembléia de domingo.
Tribuna Metalúrgica nº 1361 21/09/2001
Pág. 3 - A FEM/CUT enviou ontem aviso de greve para o Grupo 8 e Esquadrias, ao Grupo 10 e Fundição. Assembléias estão sendo realizadas diariamente nas fábricas para criar um clima de pressão sobre os patrões.
Tribuna Metalúrgica nº 1359 19/09/2001
Pág. 3 - Seis categorias (metalúrgicos, bancários, gráficos, químicos, trabalhadores da construção civil e petroleiros de Mauá) que estão em campanha salarial realizam caminhada e panfletagem pelas ruas de São Bernardo.
Tribuna Metalúrgica nº 1349 30/08/2001
Pág. 1 - Manifestações de várias categorias marcaram ontem (29/08) o dia de lutas da campanha salarial unificada. Hoje é dia dos metalúrgicos engrossarem as manifestações, com protesto em frente ao Sindipeças.
Tribuna Metalúrgica nº 1358 18/09/2001
Pág. 2 e 3 – Mais de cinco mil trabalhadores metalúrgicos decidem em assembléia que a tarefa nas próximas três semanas é construir um clima de greve dentro de cada fábrica. A direção do Sindicato pediu autorização para negociar acordo por dois anos. Os outros 11 sindicatos que participam da campanha também estão realizando assembléias.
Tribuna Metalúrgica nº 1357 14/09/2001
Pág. 1 e 2 – Montadoras, Grupo 8, Grupo 10, Fundição e Esquadria ainda não se manifestaram com relação às reivindicações.
Tribuna Metalúrgica nº 1350 30/08/2001
Pág. 1 e 3 - Com atraso na entrada dos turnos, parada, protesto, greve e ato, começa a luta para conseguir as reivindicações. Ontem cerca de 500 metalúrgicos de todo o Estado participaram do ato para a entrega da pauta de reivindicação para o Sindipeças.
Tribuna Metalúrgica nº 1355 12/09/2001
Pág. 3 - O sindicato patronal Sindipeças aceitou negociar, mas quer tirar da pauta a cláusula de estabilidade ao acidentado.
Tribuna Metalúrgica nº 1353 06/09/2001
Pág. 1 e 3 - Cruzar os braços se não forem abertas as negociações, esta foi a decisão da plenária da Federação de ontem. O prazo para os patrões darem a resposta é até o dia 14. A FEM/CUT já entregou o aviso de greve para a Anfavea.
Tribuna Metalúrgica nº 1351 04/09/2001
Pág. 1 e 2 - Amanhã a FEM/CUT realiza plenária com todos os sindicatos filiados e as comissões de fábrica das montadoras, para debater um calendário de mobilizações e um prazo para que os patrões respondam à pauta de reivindicação. A Anfavea diz que não negocia e a FEM/CUT entregará aviso de greve.
Tribuna Metalúrgica nº 1352 05/09/2001
Pág. 1 e 3 - A FEM/CUT realiza hoje, uma plenária para definir estratégias para conseguir a antecipação da data-base, do mês de novembro para setembro. A Anfavea já avisou que não tem interesse na antecipação.